Livraria Cultura

Pré Venda Harry Potter

08/04/2012

Chocólatras Bar - Uma experiência incrível



Há algum tempo que eu vinha tentando conhecer o Chocólatras Bar, mas infelizmente por um motivo ou outro acabava por não conseguir. Eis que ontem refuguei a rotineira (e interessante) sessão de cinema da manhã de sábado para ir conhecer o local, enquanto o Maza encarava uma excelente sessão (exclusiva, só ele na sala!) de Pina 3D. Cada um teve sua maravilhosa experiência da manhã de sábado, e ele pode dizer que não, mas acho que saí ganhando... hehe


Céus, que lugar é esse??





Eu explico que lugar é esse: Ele é o paraíso (uma espécie de Delicatessen dos chocolates) para os chocólatras como eu. Sim, sou uma chocólatra assumida... hehe e faço parte daquele grupo que entende que o chocolate exerce poderes sobre as pessoas. Aqueles que já passaram pela experiência de se sentir melhores depois de devorar uma barra de chocolate, ou mesmo aqueles que só lembram de vez em quando que ele existe, com certeza irão se render às maravilhas que residem por detrás dessas portas.






O ambiente é pequeno e aconchegante, contando com algumas poucas mesas na área interna e mais duas (se não me falha a memória) na área externa. O atendimento é personalizadíssimo, e pelo tempo que fiquei ali (cerca de 01h15 minutos) pude perceber que a Rosa é rosto conhecido e reconhecido na casa. Quase todos que chegavam pareciam conhecê-la. Eu fui atendida pelo Paulo, que me disse não ser muito a área dele o atendimento ao público, mas que estava auxiliando na loja em função da Páscoa. Mas me acreditem, fui muito bem atendida!


Por falar em Páscoa, vejam as delícias que estavam à venda nessa mesinha. Boa parte delas já não estavam mais ali quando eu fui embora.





Bom, já deu pra perceber que nem bem cheguei e fui às fotos. Esse painel, por exemplo, mostra os doces que a casa oferece:




Fui me chegando mais pro fundo da loja e vejam o que encontrei, o passaporte para um festival de sabores: a vitrine!




Aqui uma foto mais ampla, e não se enganem, atrás do balcão estão os refrigeradores repletos de chocolate!





Mas vamos deixar de falatório e vamos ao que interessa?


Perguntei sobre o famoso frozen de chocolate e ganhei uma provinha. Sim, eles nos dão uma provinha para saber se é isso mesmo que queremos. Quando experimentei já fui dizendo que era aquilo ali mesmo que eu queria. E a Rosa me mostra uma canequinha – bonita, mas pequenininha – e eu, não me contendo, digo que quero uma maior. Olha o que me foi servido, em uma legítima taça estilo Dry Martini, que apresentação: dos deuses!





Não tem como explicar o sabor, essa cremosidade... só experimentando! Fica a dica, não saiam do Chocólatras sem experimentar o frozen de chocolate.


Como sabem, além de chocólatra, vivo em busca do cheesecake perfeito. É óbvio que eu não conseguiria dormir depois caso eu não experimentasse o cheesecake da casa. Aliás, eles têm um panfleto que te auxilia na escolha do doce.


Pedi logo de cara um cheesecake (de 100gr que era o maior) e um brownie. Mas que ambos viessem separados, a fim de que eu pudesse saborear cada um deles.


Eis o cheesecake!




Olha que delícia! Realmente estava muito bom, só o que me incomodou um pouco foi o fato de que era bem gelado. E no caso um pouco menos cremoso. Mas não me entendam mal, estava delicioso! Por sinal, pretendo em breve fazer um post com um “top cheesecakes”, afinal já experimentei essa delícia em diversos locais (e modéstia a parte o meu cheesecake entra sim nesse TOP... Aguardem!).


Enquanto me deliciava com o cheesecake e o frozen (não esqueçam do frozen), eu alternava com uma água gaseificada. Por sinal, aprendi a gostar de água com gás por influência do Maza, e hoje prefiro essa à sem gás.


Depois do fim do cheesecake e uma breve pausa, vamos ao brownie!


Tá longe? Eu aproximo..hehe


E que tal assim? Vai dizer que não ficou com água na boca?


Enquanto eu destruía essa maravilha o Paulo chegou a minha mesa e me ofereceu um bombom decorado recheado com creme mole de baunilha. Segundo ele, esse bombom foi feito para a Páscoa, mas entraria para o cardápio normal da casa. Uma delícia!


E que recheio!



Essa maravilha toda saiu por 27 reais. Pagos com grande felicidade, e acreditem, se eu não estivesse extremamente satisfeita com essa overdose de chocolates, eu teria experimentado mais um ou outro doce... hehe


Enfim, um local altamente recomendado e que retornarei em breve. Não podemos esquecer que o Maza ficou de fora dessa maravilha toda, aproveitando o filme dele. Mas podem ter certeza que ele ficou quase babando quando relatei a ele minha experiência...hehe

Um local que todo chocólatra residente ou de passagem em Porto Alegre tem obrigação de conhecer. E quem não é chocólatra também, pois não vai se arrepender.

E nada melhor do que este filme para complementar o post: estou falando de Chocolate. Inclusive aproveitei a deixa de rever o filme e farei uma crítica, que em breve será postada no Fila K.


Chocolate é um filme que explora os nossos sentidos, cada qual terá uma experiência diferente ao assisti-lo. Para mim, entre outras coisas, o filme transmite algo em que acredito faz tempo, que o chocolate, ou o cacau em si, tem um grande poder sobre as pessoas. O que dizer da personagem da Juliette Binoche no filme? Ela descende uma família indígena que detinha o dom de extrair do chocolate tudo o que ele pode proporcionar. De saber o tipo exato de chocolate que a pessoa que entra em sua loja está precisando naquele momento. É um belo filme, com uma fotografia e trilha sonora que fazem valer a pena. Além da história, é claro, que apesar de repleta de clichês consegue cativar o espectador.





Update: Você já pode ler aqui a minha crítica sobre o filme Chocolate, postada no Fila K.
Av. Nova York, 181 – Auxiliadora – Porto Alegre/RS
Fone: (51) 3337 7118
Mapa

Nenhum comentário:

Postar um comentário