Livraria Cultura

Pré Venda Harry Potter

15/05/2012

Cavanhas, um clássico de Porto Alegre – parte 2: o xis!



Bom, o Maza falou da pizza e falamos que seria a parte 1 então... Vamos falar de como o local ficou mais conhecido? O xis dos caras é bom mesmo! Estamos falando do Cavanhas, é claro!

Como já usamos uma foto de fachada no post anterior, neste fica a nossa visão da cidade, o trânsito, a noite...

Fomos novamente ao fim da tarde, na filial da Barão, próximo do trabalho destes dois blogueiros.

Acho que, baseados nas informações de que pedir batata frita dentro do xis era melhor, fizemos isso com os dois pedidos, sem pensar muito. Eu fui de strogonofe, o Maza de coração.

Enquanto isso, uma Coca gorda de 2 litros! Pra sobrar é claro, depois ela vai embora com a gente dentro de uma sacolinha branquinha, branquinha.


E chegaram os pedidos...

Delícia!

O meu xis de strogonofe:



Olha o detalhe da alface, bem verdinha.


Snif... Pedir batata frita dentro do xis não foi uma boa escolha, veio pouca batata no meu! Mas ao final não sobrou nada... hehe


Ah, a maionese da casa, tri boa!


No do Maza veio um pouco mais de batatas, se deu bem ele!

Vejam o xis coração:




No detalhe...


E ele comeu tudo, não sobrou batata pra contar história...


Ahhh, mas sobrou Coca!


No fim das contas ainda pegamos dois doces na saída, no caixa (o Maza já comeu o dele, nem sobrou para foto). Mas o meu tá aí!


Pode parecer um alienígena sob ataque, mas estava bom!


Tudo isso ficou em 37 reais. Fui pegar meu bus para casa com o sentimento de que estava satisfeita, mas com aquela sensação: batateiros de plantão! peçam as fritas em cima ou em um prato a par, mas dentro do xis corre risco de vir pouco. Ou melhor, perguntem para o cara que faz o pedido: qual o pedido que vem mais batata frita? É esse que eu quero! hehehe

O filme da vez é A Dançarina e O Ladrão, mais uma excelente atuação de Ricardo Darín, ele que é sem dúvida, a sensação dos filmes argentinos. Darín é um excelente ator e tem a competência de sempre fazer bons filmes, de escolher bons projetos, vide O Segredo dos Seus Olhos, magnífico. Porém neste filme, apesar de seu enorme talento e de outras atuações dignas de respeito – como Abel Ayala e Miranda Bodenhöfer – uma trilha sonora encantadora e fotografia envolvente, a história se perde um pouco por conta das falhas do roteiro. Não me entendam mal, o filme não é ruim, ele só é um tanto irregular. Dirigido por Fernando Trueba, A Dançarina e O Ladrão é roteirizado a partir do livro El Baile de La Victoria, de Antonio Skármeta. Infelizmente ainda não consegui ler o livro, pois a encomenda (por ser em espanhol e consequentemente importado) leva cerca de 10 semanas para chegar. Tentei assisti-lo no Cinemark do Bourbon Ipiranga, próximo do Cavanhas, mas acabei tendo que ver em outro cinema em função dos horários.





Rua Barão do Amazonas, 1241 – Jardim Botânico – Porto Alegre/RS
Fone: (51) 3322 0989

2 comentários:

  1. Adoro Xis, principalmente xis coração! Mas com batata frita dentro nunca tinha ouvido falar!!! Não sei, mas fiquei com a impressão que mascara um pouco o gosto do xis! Não pediria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe, Débora que foi meio no impulso de provar que pedimos as batatas dentro do xis, porque todos falavam bem e tal. Realmente, o sabor modifica um pouco, mas eu até que gostei. Só não curti ter vindo pouca batata =D

      Excluir