Livraria Cultura

Pré Venda Harry Potter

02/10/2012

Tehama Tex-Mex: Mais um mexicano para apimentar a vida!


Já comentamos aqui sobre outro mexicano, o excelente Pueblo, onde fizemos matéria de almoço e jantar. E estávamos para retornar ao Tehama há algum tempo, já que fazia um tempinho que não íamos ao local. E é claro, que como bons adoradores de chuva como somos, tínhamos que ter a sorte de retornar numa noite chuvosa. Melhor começo impossível!

Logo na chegada resolvemos tirar uma foto para registrar a chuva, olha que belezura!


Logo que entramos já escolhemos uma mesa no primeiro salão, bem espaçoso...


... e com essa lareira, que estava apagada.


Mal sentamos já resolvemos sair às fotos!

Vale registrar esse outro salão, que inclusive o Maza chegou a pensar em se mudar pra lá... hehe mas acabamos ficando onde estávamos.


O balcão do bar...


E ali atrás várias garrafas, copos e taças nas prateleiras.


Gostei desse quadro, e a iluminação deu ainda um toque especial.


O Maza já resolveu fotografar esses belos cactus, uma composição e tanto com a luz e a chuva para acompanhar.


Nisso já tínhamos escolhido as bebidas e o simpático garçom, Douglas, estava nos atendendo super bem e nos indicando coisas legais no local. Logo nos deparamos com esse lindo chapéu mexicano. Aguardem que ele volta!


Ah, mais chuva, vai!


Nesse dia estávamos naquele espírito de comer como se não houvesse amanhã, logo partimos com tudo para o cardápio. Cardápio esse bem direto, com os pratos detalhados e várias opções de bebidas. Excelente!


Escolhemos nossos pratos (sim, nossos, pois somos tri bons de garfo... hehe) e como de costume, pedimos que viessem todos juntos.

Eis que começam a chegar as delícias! E a primeira a aterrissar à nossa mesa foi esse prato de Tapas Mexicanas – tortillas de milho crocantes recheadas com carne de panela, guacamole, mussarela, pico de galo e queijo branco.


Vai dizer que não está lindo isso aqui? Delícia, crocante, tudo combinando... hehe


Ah, no close o limãozinho enfeitado com pimenta.


Vamos agora fazer uma pausa pra mostrar o Maza ranzinza furioso vilão de novela mexicana fazendo pose de mexicano... hehe e para o bem de todos, minha foto pagando esse mico de chapéu eu deixei de fora.


Próximo prato: Quesadillas de filé – tortillas de trigo recheadinhas com filé, cebola grelhada e mussarela. Gente, isso é melhor que tudo! ai, ai...


Sente só o naipe do recheio, é de comer uma atrás da outra.


E o terceiro e último prato salgado: Burritos especiais de camarão – tortillas de trigo recheadas com camarão, pico de galo e mussarela. Essa versão especial vinha com 2 unidades acompanhadas de 3 molhos, pico de galo, creme azedo e guacamole.


Dá um close no recheio... eu gostei, sabe? Mas faltou alguma coisa, e estava meio sequinho. Mas estava bom também.


Recebemos na mesa a caixinha dos tabascos, mas infelizmente não fotografamos. O Maza saiu provando um por um, normal... hehe mas quando o Douglas nos sugeriu as pimentas da casa, o Maza resolveu me aprontar. Cuida esses dois potinhos aí, tem o da direita que é o guajillo, e o da esquerda que é a pimenta tex-mex. O Maza bem esperto que é pegou uma colherada dessa tex-mex e colocou no meu prato, dizendo que tinha provado e tal. Geeeente! Quase morro... hehehe fiquei com a boca pegando fogo até a hora da sobremesa, e olha que foi tempo!


E é claro, para mostrarmos que somos gordos somos bons de garfo, eis a prova do crime!


Agora, quem disse que o compartimento da sobremesa fora preenchido pelo salgado? Na-na-ni-na-não! mesmo depois de uma janta maravilhosa dessas o “cantinho da sobremesa” permanece intacto e pedindo doce... hehe

Vamos ao cardápio!


Vamos então de Sabor dos Deuses! E ó... ó... para tudo que eu quero comer! Visualiza uma “lambida de tequila” numa taça, com doce de leite e nozes por cima. Visualizou? Agora coloca uma generosa camada de ganache (Ganache que adoro comer no Dado Bier... opa, no Dado Bier tiraram e dificilmente voltará ao cardápio, um motivo a mais para frequentar o Texama Tex-Mex!) de chocolate por cima e complementa com uma porção colossal de chantili e depois ainda decora com um morango lindo e enorme. Está aí o resultado, vale cada centavo pago! Bah, escrevendo agora chega a me dar água na boca.


Ah, legal a porta que leva aos banheiros.


A conta desta noite chuvosa e muito bem aproveitada ficou na faixa de pouco mais de 100 pilas, o que convenhamos, por tudo que aproveitamos, foi um custo x benefício super aceitável. Fica a dica de que o local serve buffet executivo de comida mexicana durante a semana, acompanhado de um simples rodízio de tapas, tortillas e afins. E nos fins de semana e feriados a casa oferece o rodízio Tex-Mex, um rodízio completo, incluindo pratos com frutos do mar. Atualmente o preço por pessoa é de 18,50 pelo buffet executivo e 27,00 pelo rodízio. Eu mesma estou pensando em almoçar qualquer dia desses lá e quem sabe trazer essa experiência aqui pro Cinéfilos também!

Resolvi falar sobre um filme a que assisti no fim do ano passado, quase que meio por acaso, pois como não estava trabalhando acabava indo de tarde pro cinema e assistia ao que estava passando no horário. O filme desse dia foi Pronto Para Recomeçar.


Aqui vemos Will Ferrell diferente do que costumamos ver em seus diversos papéis, ou seja, rindo ou fazendo rir. Aqui no papel de Nick Halsey temos um personagem triste, cabisbaixo, que acaba de perder tudo o que tinha: mulher, emprego, casa, amigos...


Da noite para o dia sua vida desmorona e ele se vê inclusive sem dinheiro, morando no gramado de casa, com todos os seus pertences à volta. A mudança que esses acontecimentos operam no físico do personagem é palpável e constante. Mas, ajudado principalmente pela amizade com o garoto Kenny, Nick resolve dar um novo rumo à sua vida, o que muda sensivelmente o rumo da narrativa.


Decidido a se desfazer do seu passado, a única forma concreta de realizar essa tarefa é se desfazendo dos seus pertences, coisa que faz com a ajuda de Kenny, organizando a venda de seus pertences ali mesmo no gramado.

Pronto Para Recomeçar é um bom filme, peca em alguns momentos, principalmente pelo roteiro, mas é um bom filme. E como já mencionei em minha crítica que vocês podem ler aqui, ao final ficamos com a impressão de que Will Ferrell viveu sempre esse tipo de personagem, de tão bem encaixado que esteve no papel.


Rua Desembargador Augusto Loureiro Lima, 165 – esquina Nilo Peçanha – Petrópolis – Porto Alegre/RS
Fone: (51) 3333 1005

Nenhum comentário:

Postar um comentário